'Esposa mandou atirar', diz viúva de morto a tiros por briga de crianças em Campo Grande

Briga por brinquedos entre crianças acabou em discussão entre casais e assassinato

Publicado em
'Esposa mandou atirar', diz viúva de morto a tiros por briga de crianças em Campo Grande

Muito abalada e chorosa, a dona de casa de 38 anos, esposa de Atílio Luís Colman, de 33 anos, assassinado com um tiro na cabeça, em Campo Grande, no bairro Loteamento Cristo Redentor, disse ao Jornal Midiamaxque o autor do crime foi incentivado pela esposa a fazer os disparos. 

O crime aconteceu neste domingo (25), quando a briga das duas crianças, filhas do autor e da vítima, brigaram por causa de um brinquedo. “Quando soube da briga, eu repreendi meu filho e o mandei entrar”, disse a dona de casa ainda abalada com tudo que aconteceu. 

A dona de casa ainda falou que momentos depois, o casal chegou a sua residência, e a mulher do autor o instigava a atirar. “Atira, atira seu b*”, teria dito a mulher de ‘Ditão’, sendo que neste momento o homem fez os disparos contra Atílio, que acabou atingido na cabeça e no ombro. A esposa de Atílio contou aos policiais que em datas anteriores já haviam se desentendido com o autor ‘Ditão’, e que ele, inclusive, já teria feito disparos contra o portão do casal, mas que não registraram boletim de ocorrência.

Atílio chegou a ser socorrido por parentes até a unidade de saúde do Tiradentes. Ele não resistiu e morreu na unidade de saúde. O casal que estava em um Peugeot fugiu e não foi encontrado. 

O registro 
Segundo consta no registro oficial, a briga que acabou em assassinato aconteceu por volta das 18h30 da noite deste domingo (25), quando o autor invadiu a chácara onde morava a família fazendo disparos. A esposa de Atílio contou aos policiais que em datas anteriores já haviam se desentendido com o homem conhecido por ‘Ditão’, e que ele, inclusive, já teria feito disparos contra o portão do casal, mas que não registraram boletim de ocorrência.

Neste domingo (25), houve uma briga entre os filhos das duas famílias, e a esposa de ‘Ditão’ teria ido até a sua casa instigando o autor para que atentasse contra a vida da mulher da vítima, sendo que neste momento o homem foi até seu carro e invadiu a propriedade de Atílio armado. 

Ao passar pelo quintal, o autor se deparou com Atílio que tentava defender a esposa. ‘Ditão’ fez dois disparos acertando a cabeça e o ombro da vítima, que chegou a ser socorrida por familiares até a unidade de saúde do Tiradentes. Ele não resistiu e morreu na unidade de saúde.

Fonte: Midia Max

Deixe um comentário