Na presidência, deputado Eduardo Rocha participa da entrega de escudos faciais à ALEMS

Os equipamentos contra coronavírus serão para os que estão na linha de frente

Publicado em
Na presidência, deputado Eduardo Rocha participa da entrega de escudos faciais à ALEMS

O deputado estadual Eduardo Rocha, primeiro vice-presidente da ALEMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), comandou os trabalhos novamente nesta quarta-feira (8) e na presidência participou da entrega de escudos faciais, os chamados faces Shields, que serão usados para quem está atuando de forma presencial na Casa de Leis.

Os equipamentos são telas transparentes que cobrem o rosto e ajudam a impedir que gotas infecciosas entrem nos olhos, nariz e boca, como esta que Eduardo Rocha está na foto abaixo. Os escudos faciais chegaram até a Casa de Leis por meio de uma parceria da UNALE (União dos Legisladores de Legislativos Estaduais) com várias instituições, que tem garantido a entrega do equipamento aos profissionais que estão na linha de frente do combate ao coronavírus, comunidades indígenas e entidades de acolhimento. 

Para a entrega na ALEMS, estiveram na Casa, o defensor público-geral, Fábio Rogério Rombi da Silva, e o pró-reitor da Unigran, Vinícius Soares de Oliveira, e quem conduziu o momento foi o deputado Lídio Lopes, que é presidente da UNALE. O deputado Herculano Borges também participou da entrega.

O parlamentar Eduardo Rocha já utiliza o escudo facial, e é super a favor desta ação. “Já utilizo o equipamento e, além de proteger-nos, da mais liberdade para nos expressar e respirar. Todos os envolvidos estão de parabéns pela iniciativa, que sem dúvida irá beneficiar muita gente de nosso Estado”, explicou o então presidente da Casa de Leis.

Projeto

Todas estas entregas fazem parte da rede CoronaVidas, que nasceu em Feira de Santana, Bahia, idealizada pelos professores Antônio Cordeiro, Fábio Barreto, Leandro Brito e pela jornalista Fernanda Vasques Ferreira e já se expandiu para diversas cidades, alcançando os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Amazonas e Mato Grosso do Sul.

A rede de solidariedade CoronaVidas em Mato Grosso do Sul é composta por mais de 20 instituições e empresas parceiras que trabalham de forma colaborativa, com o objetivo de produzir e doar mais de 35 mil face shields, à profissionais da saúde que atuam na “linha de frente”, e também à outros setores de amplo contato com o público ou de maior risco de contaminação, em todo o Estado do Mato Grosso do Sul.

Fonte: Assessoria

Deixe um comentário